Pra pensar

PRA PENSAR…(por Luciana Bareicha)

É… Bem assim…Dias de não sei o que vai acontecer. O incerto é certeza. Aquele frio na barriga que arrepia todo o medo da pele. Quando pedimos “a Deus” uma ajuda, sem ao certo saber o que queremos…Pode ser um pode de calmaria. Pode ser um punhado de mente sã… Pra todos aqueles que lutam, incansavelmente, pelos quietos… plateias de um tumulto de sofreguidão. Pode ser, menos sensação de gelo derretendo em forma de país…Peço. Peço de joelhos. Por menos umbigo. Menos cegueira de almas. Por um orgulho manso e desarmado que vem com o reconhecimento de “enganos”. Por pessoas que se olhem e se vejam de novo, mesmo que tudo tenha mudado. Pra dizer do que perdemos e do faremos com os retalhos dos nossos sentimentos. Peço pela reconstrução. As vezes parar é fazer de um jeito mais lento aquilo que exige frenesi e aprendamos nisso. Peço para que os passos novos respeitem os passos antigos da nossa história. Que a mesquinharia não seja bandeira nem motivo da parede do ódio que se ergue. Que a busca por heróis não faça das pessoas um fantoche. Que acreditar nas emoções, na vontade de estar perto só pra segurar na mão, faça sentido. Porque é muito bom isso. Que os desejos da carne sejam cada vez mais vividos, naquele instante único, sem culpas, sem nenhuma vergonha e com toda boniteza que isso traz pra quem vive. Que possamos dar passos mais realistas, mais amadurecidos, mais em direção a vida. Peço todos os dias por todos.@luciana.bareicha


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s